O futuro do trabalho em um mundo mais colaborativo

futuro do trabalho

Ao observar a realidade atual, podemos ter algumas percepções sobre o futuro do trabalho no Brasil e no mundo. Os avanços tecnológicos e a conectividade acontece muito rápido, e isso torna quase impossível prever como vamos trabalhar daqui 20 anos. Pois, com certeza surgiram novas tecnologias ou conceitos que vão revolucionar mais uma vez o setor ou a empresa em que atuamos.

Porém, podemos perceber diferentes comportamentos que tem se difundido dentro e fora do Coworking XYZ, e através desses comportamentos conseguimos perceber características em comum em diferentes segmentos de mercado. Por isso, listamos 3 tendências para o futuro do trabalho.

Contratações e formatos flexíveis de trabalhos

futuro do trabalho

As pessoas têm diferentes estilos de vida, e as empresas têm diferentes culturas organizacionais. Com essa a grande diversidade, a flexibilidade na contratação ganha cada vez mais espaço. principalmente da terceirização de serviços, em serviços temporários e até mesmo consultorias.
Alguns exemplos de formatos flexíveis de trabalho são mais nítidos em empresas como a Uber e o Ifood, onde a maior parte da força de trabalho é terceirizada, deixando suas equipes permanentes somente nos cargos estratégicos e administrativos.

Com a flexibilização ganhando espaço, a autogestão torna-se uma das características dos profissionais do futuro. Dando mais liberdade de escolha para os profissionais, e aumentando o leque de opções de qual área atuar, já que o mundo corporativo está caminhando para uma estrutura menos hierarquizada e mais colaborativa, o que já realidade de muitas startups.

O futuro do trabalho em um mundo mais colaborativo

futuro do trabalho

Atualmente bilhões de pessoas têm acesso a dispositivos móveis, internet e tecnologias de comunicação que mudaram a forma de nos relacionarmos no ambiente de trabalho. Podemos ousar dizer que o mundo jamais esteve tão interconectado.
O comportamento colaborativo está presente tanto em meios físicos, sendo o coworking um dos principais exemplos, já que esses locais tem como base o compartilhamento do ambiente de trabalho. Mas também está ainda mais presente nos meios digitais. Afinal, ao se hospedar em um Airbnb ou pedir uma corrida em um Uber, você já faz parte da nova economia colaborativa. Um modelo de negócios que conecta pessoas, serviços e produtos, usando principalmente aplicativos e dispositivos móveis.

Maior uso de dados e sensibilidade humana

futuro do trabalho

Com o desenvolvimento da tecnologia e da robotização, a sensibilidade humana e a capacidade de analisar dados tornam-se cadas vez mais real para o futuro do trabalho. Já sabemos que as “máquinas” ocuparão o lugar em diversas atividades realizadas por humanos. Entretanto, não são os empregos que vão deixar de existir: as atividades é que serão adaptadas para a realizações que somente nós, seres humanos, conseguimos fazer.

Por isso, torna-se cada vez mais necessário exercitar a nossa sensibilidade no ambiente de trabalho, principalmente para resoluções de problemas. Assim como, desenvolver nossa capacidade de analisar dados que influenciam na tomada de decisões.

O futuro do trabalho já começou!

Se você já consegue perceber essas tendências em seu cotidiano, isso significa que o futuro está sendo construído e que você deve se preparar cada vez mais para acompanhar o mercado, e fazer parte dessa transformação! Inclusive, se você trabalha home office, e ainda não visitou um coworking aproveite e faça uma visita. Pois essa é uma forma de você construir seu networking e participar do mundo colaborativo e conectado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *